sábado, 3 de abril de 2010

À espera...


Enquanto aguardamos que as trevas se dissipem. Que a solidão e o desemparo pela ausência de Jesus, morto e crucificado, seja, enfim, superado. Colocamo-nos à espera da sua ressurreição. Esperamos em vígilia, em oração. Aproveitamos o tempo de reflexão para sondarmos a nossa própria caminhada existencial. Em mãos, começei e terminei de ler um livro que ganhei de meu marido, intitulado “Confissões e Conversões 25 regras para o tempo de mudar”. Nada mais oportuno e adequado para um tempo em que refletimos acerca de mudança, transformação, vida nova. Trata-se de um excelente texto de ficção escrito pelo conhecido médico cirurgião cardíaco, Dr. Fernando Lucchese. Que, aliás, é médico do meu esposo. Iniciei a leitura e logo cheguei ao final da estória pois o enredo foi muito bem exposto e desenvolvido. A habilidade das mãos precisas de um cirurgião também se revelaram certeiras nos temas abordados pelo médico escritor. De fato, a cada página foi uma agradável revelação. O descortinar de uma alma, de uma essência manifestada mediante uma percepção aguçada pela experiência de vida, pelos encontros e desencontros de muitas pessoas, pela cultura amealhada nos anos de estudo, de trabalho e de reflexão. Toda mudança, conforme o escrito pelo cirurgião escritor, requer uma confissão. Uma tomada de posição. Uma resolução de mudança de percurso, de rumo. A estória se passa entre dois personagens principais: Pedro, um empresário de sucesso. Homem rico e poderoso que veio de uma pequena cidade do interior. Ambicioso e valente. Vence na vida trabalhando e estudando. Atinge fama. Materialista declarado, cuida minuciosamente de suas aplicações e de seus lucros e investimentos. Viaja o mundo. Transita pela alta sociedade. Festas, luxo, mulheres, prazeres. Pedro tem tudo mas não se sente feliz. Está cansado. Não possui amigos verdadeiros. Quando, então, por acidente, atropela um engenheiro chamado Francisco, que depois vem a descobrir que é seu empregado de uma de suas firmas. Francisco é um engenheiro sonhador, que vive do seu trabalho. Mora num apartamento modesto. É viúvo. Perdeu a esposa que foi acometida por um câncer. Francisco carrega a dor de ter sido processado, injustamente, por erro profissional. Do encontro desses dois personagens, inicia-se um relacionamento de amizade que transformará a vida de ambos. Os dois farão, então, a cada dia, um novo encontro consigo mesmo. Recuperarão as suas vidas. Nascerão para um novo tempo. Tempo de mudar, tempo de conversão. Encantei-me com a maneira, com a forma, a imaginação do escritor. É, realmente, um livro que toca nossos corações. Pois fala das coisas simples. Das revezes, das dificuldades, das limitações humanas. Mas, acima, de tudo, fala da esperança, da confiança, do amor à vida e sobretudo da capacidade do ser humano de repensar, de alterar, de reencontrar novos caminhos que o possam conduzir a uma nova e melhor vida. Mensagem de encorajamento, de fé e de amor. Parabéns Dr. Lucchese. És, de fato, também mestre na arte da escrita. Agradeço meu esposo pelo belo presente. Naquelas regras, ali, estampadas encontramos as razões para uma vida nova e sempre melhor. Na certeza, da ressurreição do Senhor, dizemos alto e em bom tom: Cristo venceu a morte com amor. Aleluia!!

8 comentários:

  1. Amiga uma ótima dica, precisamos ter coragem de fazer diferente...uma páscoa de muita luz e paz no teu coração, grande beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Passei or aqui para deixar meu abraço e desejar que todos os caminhos levem à felicidade.
    Obrigado pelo carinho e pelos comentários la no meu blog.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, Lisette, sim, é preciso coragem para mudar...muita paz, beijos, :)

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, Alberto, obrigada por sua visita e pelo seu fraterno comentário. Sim, sempre passo pelo seu blog pois gosto, também, do que escreves. Também desejo ao amigo e aos seus uma abençoada Páscoa!! Um grande abraço, :)

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga Susiley

    Que seu domingo de Páscoa tenha se iniciado com muito amor, alegria, saúde, esperança, fé, solidariedade, amizade, renovados hoje e sempre em sua vida, junto aos seus familiares!

    Abraços e beijos com muito afeto!

    Helô Spitali

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, querida Helô:
    Também lhe desejo um ótimo domingo, uma abençoada Páscoa junto aos seus, um grande beijo e abraço, :)

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Recentemente o Instituto Sangari publicou estudo sobre a violência nos últimos 10 anos no Brasil. Dados alarmantes, que demonstram que a violência que nos assusta no local onde moramos é um fenômeno nacional. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? ALGUMAS REFLEXÕES? QUAL O PAPEL DE TODOS? Leia! Divulgue e deixe seu comentário:
    www.valdecyalves.blogspot.com
    Veja um vídeo do qual participei comentando sobre a violência na mídia:
    http://www.youtube.com/watch?v=ljsdz4zDqmE
    FELIZ PÁSCOA PARA TODOS! Não deixe de seguir o meu blog e assinar o feed.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pela visita, pelo comentário e pela dica, Valdecy. Vou conferir sim. Um abraço, :)

    ResponderExcluir

Partilhe conosco o seu pensar e o seu sentir!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...