domingo, 1 de abril de 2018

Novo amanhecer....

Cada vez mais, com o passar dos anos, sinto-me mais "descarada", como muito bem falava o poeta e escritor Rubem Alves, que tanto amo ler e reler. "Descarada" para dizer o que sinto. Já que não somos responsáveis pelo nosso sentir. Só por nossas ações. E as palavras que usamos são nossa matéria-prima. Matéria de encantos. De amor. De prazer. Um sentido de vida que tanto admiro e cultivo também nos tantos escritos da querida poeta e escritora Adélia Prado. Dois mestres no escrever poético para mim. De desprendimento. De encantamento. De alegria genuína. E, hoje, acordei assim. Livre. Com a alma e o corpo em ressurreição. Em êxtase profundo. Em Amor total. E captar esta beleza está na minha essência. Como uma sina que o Criador escreveu em mim. Verbo Divino que me faz participar da visão plena e profunda, mas ao mesmo tempo, simples e corriqueira da vida, do amor.

Novo amanhecer....

Nova manhã. Manhã de ressurreição. Manhã de plenitude. E o Verbo que se fez carne e que habitou entre nós. Elevou-se ao Infinito mas antes em nosso corpo morou. Fez-se gente, humano. Com mãos, com olhos, com pernas, com dor, com amor. E as palavras nascem em meu ser. Numa manhã de páscoa. A ressuscitar os sentidos. A ressuscitar o divino. A resgatar na matéria o eterno. Palavras que silenciam. Sentidos que rejubilam. Extasiados. Felizes. Olhos que ouvem. Ouvidos que enxergam. Boca que acalenta. Toque que tem sabor. Pernas que contemplam. Um coração a bater. Ritmo suave. Que maravilha, o viver!! Jesus é mesmo o nosso Salvador! Ele nos salva da imobilidade paralisante. Do nosso ego farsante. Pois no ato de sua entrega total. Eis, ali, o humano e o divino, juntos e misturados. Plenos. “Eis o meu corpo, eis o meu sangue. Tomai e comei”. Profundamente erótico no sentido de força pulsante, de vida. Vida nova. Que, hoje, se derrama nas brechas do nosso ser. Ranhuras ressequidas em meio às nossas secas existenciais. Derrama, Senhor, a seiva da vida. Àgua que nasce e que jorra do Amor sem igual. Que beleza desconcertante. Que alegria provocativa. Que agita. Feito borbulhas de mais viver. Ressurreição. Chão de desejos. Solo de amores. Que faz renascer o humano no mais eterno do ser! Paixão e Morte. Paixão e Vida. Vida plena, vida sedenta. Com fome. Com ânsia de novo amanhecer!! Amém!! 

                                                  Imagem da internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Partilhe conosco o seu pensar e o seu sentir!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...